Como o plugin de AMP ficou mais flexível com o Bento

Na versão 2.2 será incluída uma nova funcionalidade ao plugin de AMP, que o tornará mais flexível. Anteriormente você só conseguia ir 100% ou 0% como AMP. Agora temos a possibilidade de adicionar uma versão hibrida, isso graças ao projeto Bento onde temos a possibilidade de utilizar componentes amp sem precisar ir 100%, assim temos a flexibilidade de utilizar componentes não-AMP com componentes AMP.

projeto bento JS promete deixar o plugin de amp mais flexível

Com esse recurso do plugin de AMP funciona?

Por exemplo, num modo padrão, todo a otimização de performance será mantida, caso algum elemento crie uma página AMP inválida os componentes AMP serão mantidos quando aplicáveis e página não será marcada como AMP.

O que é o plugin de AMP para WordPress?

O plugin de AMP WordPress é uma ferramenta que ajuda você a criar sites WordPress com foco no usuário, compatíveis com o biblioteca AMP. Um site que prioriza a performance e a entrega do conteúdo.

E, ao contrário que muita gente pensa sites AMP não são apenas para mobile ou cria uma versão limitada do seu site. Com uma estrutura de plugins e temas compatíveis você entregará uma experiência similar de um site tradicional para mobile e desktop.

Bento criar componentes com web componentes assim utilizando Shadow DOM, reduzindo ainda mais o risco de incompatibilidade. Bento é um projeto feito em Preact, onde qualquer desenvolvedor pode criar o seu próprio componente ou utilizar os componentes bentoJS em qualquer projeto, react, preact, gutenberg ou vanilla JavaScript.

Como funciona o novo processo de validação

O processo de validação um problema para muitos usuários, será menos doloroso por conta da sua flexibilidade, onde teremos níveis de sandbox para indicar o quão rigoroso será o processo de validação:

L1: O nível de sandboxing envolve o plugin convertendo a marcação para componentes Bento onde for possível, por exemplo, incorporação de redes sociais, vídeos e imagens. E tudo que for não compatível com AMP ele irá manter. Em outras palavras esse nível de validação não irá quebrar páginas.

L2: O Segundo nível irá introduzir limpeza de componentes que não são compatíveis com Bento ou AMP.

L3: Esse é o nível mais restrito correspondente ao modo Padrão onde a sua aplicação será full AMP, somente permitindo componentes AMP válidos

Para essa primeira versão com Bento, os níveis de Sandbox estará apenas disponíveis para o modo padrão. E o level 3 será o modo padrão, mantendo a validação de AMP estrita. Uma vez que, o Bento JS evoluir o modo leitor poderá ser correspondente ao nível L1.

Como Ativar esse recurso com o plugin de AMP WordPress?

Para ativar esse recurso com o plugin de AMP para WordPress você precisa ir em configurações do plugin e rolar a página até a sessão sandboxing(Experimental).

Como ativar o modo sandboxing com o plugin de amp para WordPress

Abra a sessão e marque ativar experimento de sandboxing, então você terá acesso aos três níveis de validação:

Escolhendo os modos de validação no plugin de AMP

Escolha o modo que deseja e salve as alterações.

Google Analytics 4 e AMP

Atualmente não tem uma solução oficial do Google para o Google Analytics 4 e o plugin de AMP, mas atualmente possui um plugin desenvolvido pela comunidade que conecta o plugin com o Google Analytics 4.

Plugin de AMP que adiciono suporte ao Google Analytics 4

Baixe o plugin aqui

Outra solução é utilizar o modo sandboxing para permitir o carregamento de JavaScript.

Video falando um pouco mais sobre o recurso

Conteúdo relacionado

Por Fellyph Cintra

Fellyph Cintra é um Google Developer Expert focado em tecnologias web, com participação ativa na comunidade WordPress. Com mais de 14 anos de experiência no mercado, Fellyph já palestrou em mais de 30 eventos ao redor do Brasil e Europa, sempre abordando as boas práticas de desenvolvimento na web.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.