Google Chrome ( novo navegador do google )

Antes de copiar referências de outros sites sobre o Chrome fiz um test-drive, estou usando o novo navegador do google por mais de duas horas e ele agradou. Com um visual limpo e uma área de exibição ampla, ajudou muito pelo menos no meu caso que navego com notebook. Fiz testes no gmail e no google docs realmente houve uma melhoria no desempenho dessa aplicações. Em uma escala de 0 a 5 eu dou 4.5 ao Chrome é uma versão beta e naveguei pouco ainda mas a apresentação foi positiva. Vi uns videos de apresentação vou mostrar os que achei mais interessante:

A história por trás do Chrome

Página nova Guia

Atalho de aplicativos

Guias Dinâmicas

Controle de Falhas

Esse foi meu top five. quem quiser testar pessoalmente aqui vai o link do Chrome

Palestra sobre games(IGDA)

Dia 10 de Setembro – Maurício Carvalho/Gustavo Galvão – Diretores da Playlore – Vão falar sobre outsourcing, portfolio e clientes globais.

Esse evento é organizado pelo IGDA Recife um grupo que esta fazendo um belíssimo trabalho em recife tentando centralizar o mercado e instituições de ensino de games em recife para produzir algo maior.

Copia e cola do site deles ->

Sobre a IGDA
A International Game Developers Association (IGDA) é uma associação profissional sem fins lucrativos dedicada a aprimorar as carreiras e melhorar as vidas dos desenvolvedores de jogos promovendo o contato entre os mesmos, o desenvolvimento profissional, e advogando situações que afetem a comunidade desenvolvedora.
Para mais informações, favor visitar www.igda.org ou e-mail info@igda.org.

Sobre a IGDA Recife
A IGDA fomenta também as comunidades locais de desenvolvedores de jogos para “pensarmos global e agir local”. O Capítulo Recife da IGDA tem trabalhando no estabelecimento conexões entre: indústria de jogos, academia e sociedade; conseqüentemente promovendo visibilidade e valorização da comunidade de desenvolvedores de jogos.

voltando ao assunto as palestras ocorrem na: AIS Computação Gráfica, às 19h. A AIS fica na Galeria João de Roma, na Conselheiro Aguiar, número 2333, Mezanino 1.

Para ajudar o link do maps aqui

Trabalhando com o Teclado em ActionScript 3.0

Olá pessoal mais um post sobre actionScript 3.0, agora vamos trabalhar com o teclado. Em AS3 houve mudanças no tratamento dos eventos com o teclado,mas ficou no padrão no tratamento de eventos. Para disparar funções quando o teclado for pressionado fazemos da seguinte forma:

stage.addEventListener(KeyboardEvent.KEY_DOWN, fazAlgoa);

function fazAlgo(e:KeyBoardEvent):void{

 //faz qualquer coisa

 }

Na linha 01 adicionamos o evento KeyboardEvent no stage, e passamos como parâmetro que função será chamada no nosso caso ‘fazAlgo’, Na linha 02 temos a assinatura da função ‘fazAlgo’ que recebe a variável ‘e’ do tipo KeyboardEvent. Até agora simples, vamos trabalhar melhor essas funções com o exemplo a seguir:

  • Crie um novo arquivo flash
  • Determine a sua taxa de framerate para 30 fps

  • Crie um movieclip com o nome de instância bola_mc

  • Crie uma layer com nome ações

  • Seleciona a layer ações pressione f9 para inserir o código.
var vx        :Number = 0;
var vy        :Number = 0;
var ax        :Number = 0;
var ay        :Number = 0;

stage.addEventListener(Event.ENTER_FRAME, onEnter);
stage.addEventListener(KeyboardEvent.KEY_DOWN, onKeydown);
stage.addEventListener(KeyboardEvent.KEY_UP, onKeyup);

function onEnter(e:Event):void{
      vx += ax;
      vy += ay;
      bola_mc.x += vx;
      bola_mc.y += vy;
}

  function onKeydown(e:KeyboardEvent):void{

      if(e.keyCode == Keyboard.LEFT){
          ax = - 0.1;
      }else if(e.keyCode == Keyboard.RIGHT)
      {
          ax = 0.1;
      }else if(e.keyCode == Keyboard.UP){
          ay = -0.1
      }else if(e.keyCode == Keyboard.DOWN){
          ay = 0.1;
      }
}

function onKeyup(e:KeyboardEvent):void{
      ax = 0;
      ay = 0;
}

Nas linhas 1, 2, 3 e 4 foram criadas variavéis to tipo Number para a velocidade e aceleração do eixo x e y. Na linha 5 foi adicionado o evento ENTER_FRAME e na 6 e 7 os eventos KEY_DOWN e KEY_UP. A função onEnter incrementa a velocidade dos eixos com a aceleração. A função onKeyDown na linha 14 é disparado quando o usuário pressiona qualquer tecla e através da variável ‘e’ do tipo KeyboardEvent podemos saber qual tecla foi pressionada com o código e.KeyCode que na realidade é o número equivalente a tabela ASCI mas como nem todo mundo tem tempo de sobra para ficar decorando toda a tabela ASCI, a classe keyboard possui variáveis estáticas para facilitar a vida do programador, onde podemos ver nas linhas 15, 17, 20 e 22.

Assim a lógica fica da seguinte forma quando a tecla esquerda for pressionada a aceleração x é decrementada, quando pressionado a direita incrementada, quando a tecla cima(up) for pressionada a aceleração y é decrementada e baixo(down) o oposto. A função onKeyup é disparada no Evento KeyboarEvent.KEY_UP ou seja quando o usuário solta a tecla será chamada a função que zera a aceleração tanto x e y. Vamos ver o resultado :

[flash https://www.fellyph.com.br/blog/wp-content/uploads/2008/09/bola_teclado.swf w=450 h=400]

(use as teclas direcionais)

Notem que a bola foge do palco então vamos dar uma melhorada no código substituindo a função onEnter do código anterior por essa :

function onEnter(e:Event):void{
    vx += ax;
    vy += ay;

    if((bola_mc.x < bola_mc.width/2) || (bola_mc.x > stage.stageWidth - bola_mc.width/2)){
      vx *= -1;
    }
    bola_mc.x += vx;

    if((bola_mc.y < bola_mc.height/2) || (bola_mc.y > stage.stage.stageHeight -   bola_mc.height/2)){
      vy *= -1;
   }
bola_mc.y += vy;

}

O incremento da velocidade permanece da mesma foram a diferença é que quando a bola chegar nas extremidades do palco receber sua velocidade inversa. Notem que não utilizamos a posição zero como limite porque o registration do movieclipe está no centro por isso usamos a metade de suas medidas e para usarmos a largura e altura total do stage utilizamos stage.stageWidth e stage.stageHeight. O resultado que temos é esse :

[flash https://www.fellyph.com.br/blog/wp-content/uploads/2008/09/bola_teclado_2.swf w=450 h=400]

Até a próxima…

1º Congresso de Segurança e Hackers de PE

Hackers

e especialistas da informação se reúnem de 13 a 14 de setembro, no 1º Congresso de Segurança e Hackers de PE, para discutir falhas de segurança em redes e nos sistemas linux,

windows XP

e windows Vista.

Entre os participantes esta o consultor, escritor e palestrante Marcos Flávio (MG), Fabio Carvalho, especialista em segurança para ambiente linux  (Fuctura PE), Glauber Alexandre, coordenador LPI NE etc

Realizado em parceria com a LinuxMagazine, o LPI e o site invasao.com.br.

O congresso promoverá a discussão sobre técnicas de

invasão e segurança

apresentando diversas ferramentas.

Programação

Sábado Manhã – Palestras
– Penetration Test (dicas e técnicas)
– Tecnologias de Firewalls/VPN, regras importantes em software livre
– Segurança em redes Wi-Fi

Sábado Tarde
– Amostra de ferramentas de seguranca em Ubuntu
– Amostra dos resultados para profissionais certificados LPI
– Curso PenTest:Reconhecimento, Varredura e Enumeração
– Mesa Redonda com os convidados

Domingo Manhã e tarde – Cursos
– PenTest: Vulnerabilidades,Senhas e Códigos Maliciosos (Linux, win XP e Vista)
– Encerramento, entrega dos certificados e sorteios

Local: Park
Hotel, Boa Viagem, Recife PE

Dias: 13 e 14 de setembro
Informações: (81) 3221-9116

ENTER_FRAME em ActionScript 3.0

olá pessoal vamos este post vai falar como o título sugere ENTER_FRAME esse post vai para meus ex-alunos que usam as2.0 o velho onEnterFrame do AS2.0 que usávamos assim :

1. this.onEnterFrame = function():Void{

2.  //faz alguma coisa

3. }

Em AS3.0 isso mudou totalmente e podemos dizer pra melhor. agora podemos gerenciar mais de um ENTER_FRAME facilmente, como no exemplo abaixo:

1. stage.addEventListener(Event.ENTER_FRAME, minhaFuncao);

2. function minhaFuncao(e:Event):void{

3. // faz alguma coisa

4. }

Na linha 1 adicionamos o evento ENTER_FRAME no stage(palco) passamos como parâmetro a função que vai ser chamada, no nosso caso “minhaFuncao” agora vamos incrementar nosso exemplo:

  • Crie um movieClip no palco com nome de instância bola_mc com o registration no canto inferior (a base)
  • Crie uma nova layer , coloque o seu nome ações.
  • Selecione o primeiro frame e pressione “F9” para abrir a janela de ações e insira o seguinte código

1. var velocidade:int = 5;
2. stage.addEventListener(Event.ENTER_FRAME, moveBola);

3. function moveBola(e:Event):void{
4.    if(bola_mc.y < stage.stageHeight){
5.           bola_mc.y += velocidade
6.    }else{
7.        stage.removeEventListener(Event.ENTER_FRAME, moveBola);
8.    }
9. }

Na linha 1 criamos uma variável velocidade do tipo int (inteiro) e definimos como 5, em seguida adicionamos o evento ENTER_FRAME e falamos moveBola é a função que será disparada. Dentro da função moveBola tem um if que verifica se o y da bola é menor que a altura do stage (stageHeight) “se sim” incrementa a velocidade na propriedade y da bola. “se não” removemos na linha 7  o evento ENTER_FRAME com removeEventListener que neste caso é equivalente ao delete onEnterFrame do AS2.0. Veja o Primeiro exemplo abaixo.

[flash https://www.fellyph.com.br/blog/wp-content/uploads/2008/08/enter_frame2.swf w=450 h=400]

No exemplo anterior a velocidade da bola é constante vamos adicionar um efeito de aceleração:

01. var velocidade:Number = 0;
02. var aceleracao:Number = 0.2;
03. stage.addEventListener(Event.ENTER_FRAME, moveBola);

04. function moveBola(e:Event):void{
05.    if(bola_mc.y < stage.stageHeight){
07.           velocidade += aceleracao;
06.           bola_mc.y += velocidade
07.    }else{
08.        stage.removeEventListener(Event.ENTER_FRAME, moveBola);
09.    }
10. }

Foi modificado o tipo da variável velocidade para number porque agora vamos trabalhar com números fracionados e agora ela é iniciada com zero, foi acrescentado a variável aceleracao um Number com o valor de 0.2 e na linha 7 incrementamos a velocidade com a aceleração e em seguida o a propriedade y com a velocidade. Veja o resultado abaixo

[flash https://www.fellyph.com.br/blog/wp-content/uploads/2008/08/enter_frame_aceleracao.swf w=450 h=400 mode=1]

Vamos colocar um pouco mais de física nesse exercício:

1. var velocidade:Number = 0;
2. var aceleracao:Number = 1;

3. stage.addEventListener(Event.ENTER_FRAME, moveBola);

4. function moveBola(e:Event):void{
5.    if(bola_mc.y + velocidade < stage.stageHeight){
6.        velocidade += aceleracao;
7.        bola_mc.y += velocidade
8.    }else{
9.        velocidade = velocidade * -1;
10.    }
11.}

Foi modificada a aceleração para 1, na linha 5 dentro da condicional do if colocamos bola_mc.y + velocidade isso para evitar que a bola saia do palco e por fim na linha 9 tiramos o código para remover o ENTER_FRAME e trocamos pelo seguinte código velocidade = velocidade * -1 isso seria a seguinte efeito quando a bola tocasse no solo ela receberia a mesma força inversamente. O Resultado vemos abaixo :

[flash https://www.fellyph.com.br/blog/wp-content/uploads/2008/08/enter_frame_aceleracao_2.swf w=450 h=400]

Espero que tenham gostado.

Até a próxima.

Agora é TV digital

A dois meses ingressei na pós-graduação cesar/qualiti ela tem um formato bem diferente das especializações convêncionais, funciona da seguinte forma a turma é sepadara em grupos( fábricas ) e em seguida são apresentados projetos( clientes ) que vão ser desenvolvidos. e minha fábrica escolheu o desenvolvimento de uma aplicação para tv digital. o prazo foi estimado inicialmente em 10 meses. A fábrica possui 7 pessoas onde assumem papéis como uma fábrica de software real, tem o gerente , analistas de negócio , engenheiros de software e testadores. O projeto ainda está na primeira fase, mas os riscos já aparecem antes até dos requisitos serem totalmente definidos e o principal até agora é o desenvolvimento em uma tecnologia desconhecida para todo a fábrica mas vamos ver onde essa história vai parar.

Microsoft X Abobe X Apple

Estamos prestes a ver uma batalha de gigantes , onde temos a dominante no mercado de animações para web a Adobe de um lado, Microsoft que declarou guerra no ano passado com o lançamento do Silverlight e agora a Apple deu o ar da graça e acabou de lançar mais um concorrente de nome esquisito o sproutCore que é um framework em JavaScript desenvolvido para criar aplicativos web que trabalhem como aplicativos instalados no desktop.

A questão chave é que o sistema não exige que desenvolvedores fiquem presos a um padrão, como o Flash. Isto porque o SproutCore é baseado em padrões abertos de JavaScript, que faz com que seja amplamente compatível com browsers e plataformas.(IDG NOW)

Outra de suas vantagens sobre o Flash é que não necessita de plugin para rodar a aplicação.

Pesquisei sobre o framework achei o site oficial http://www.sproutcore.com/ no site tem alguns demos e documentação sobre o framework, a minha primeira impressão é que muito parecido com o spry e jQuery mas com cara de apple claro. Mas vamos ver onde essa história vai dar porque tudo que cai na mão de Steve Jobs vira ouro.