Edted São Paulo – Martha Gabriel

Palestra sobre Realidade Mista e Mobile Tagging, Martha iniciou falando que o conceito de realidade aumentada é algo velho, quem não lembra do primeiro exterminador do futuro um filme de 84 se você não era nascido deve ter assistido ou visto trechos, ele já possuia o conceito de realidade onde a visão do Robo mostrava o processamento de dados que eram visualizados pela máquina. Depois falou sobre a diferença de realidade aumentada e virtualização aumentada que essa discussão é de 1992, muita coisa foi pensada durante esse período, mas porque não foi utilizado com mais intensidade?
Tudo por questão de viabilidade, antes o custo era muito alto para se fazer um experimento com realidade aumentada, mas hoje com uma simples webcam ou um celular o usuário já pode utilizar a realidade aumentada.

Falou sobre os altos e baixos de algumas tecnologia, por exemplo, o second life teve sua alta muito dinheiro investido com projetos de publicidade e hoje está em um inferno astral. E nesse momento ainda estamos na época da realidade aumentada os meios comunicação como, jornal, revistas e sites fazem uso de tal tecnologia e algumas vezes sem um conceito bem formado. Mas pode se chegar a um ponto que esse tecnologia vai ter sua queda mas como todas as outras tecnologias com um tempo chegam em um nível estável de utilização e assim a um uso consciente de tal tecnologia.

Continuou mostrando exemplos sobre realidade aumentada, e os seus benefícios sobre a medicina e educação. Falou algo muito interessante “se você quer fazer realidade aumentada um vídeo 3D é melhor nem fazer. O importante é ter conceito e viabilidade, isso porque, muitas vezes um projeto tem um conceito ótimo mas o custo de sua viabilidade é alta. Já passou do tempo que fazia o usuário mexer um papel como um idiota.

Depois falou sobre Mobile Tagging os modelos no mercado, mas essa é uma tecnologia ainda desconhecida pela maioria das pessoas no mundo. Você não conhece também? Nesse link você pode saber mais um pouco sobre: http://en.wikipedia.org/wiki/Mobile_tagging
Mostrou as áreas de atuação onde o Mobile tagging pode atuar, entretenimento, arte, marketing, educação, pública, cultura e área privada. Continuou exibindo um trabalho feito pela Martha Premiado em todo o mundo:
www.sensitiverose.com
Falou da importância das empresas migrarem seu sites para versão mobile, isso não é deixar o site com cara de wap simples, mas sim ajustar o conteúdo para a leitura na tela mobile não ficar cansativa.

Por fim deu os seguintes links se você quiser se arriscar em alguma aplicação :

http://www.sensitiverose.com
http://www.i-nigma.mobi
http://www.bcWebCam.be/en/index.htm
http://www.microsoft.com/tag

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.